A ilha…

sunset-3087145_960_720

E lá no horizonte, entre o céu e o mar, avisto a ilha, a minha ilha…

Os contornos são perfeitos e transportam-me para os seus recantos, os seus mistérios e as suas histórias.

Vejo as casas desenhadas nos montes, o vento a agitar os ramos e as flores a brotarem das pedras.

Ouço barulhos que me são familiares, e silêncios que são mágicos, pois na ilha habita tudo um pouco daquilo que sou.

Leio o óbvio nas suas superfícies planas, e poemas nunca antes declamados afloram de profundidades insondáveis.

Olho para as figuras esculpidas nas suas rochas, e a perfeição dos traços evoca a passagem inacabada do tempo, eternizando instantes de contemplação.

Sinto o cheiro dos eucaliptos e o barulho das cascatas, manifestações exuberantes da natureza que apela a recomeços.

O mar cobre os meus pés descalços quando a sensação de frio me fez despertar, e então percebi que apesar da ilha ter desaparecido do meu campo de visão continua a ser lugar de encontro e aconchego, onde a vulnerabilidade e a alegria serão sempre acolhidas.

(Manuela Resendes)

sunset-3740996_960_720

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s