Des(confinamento)

clouds-2709662_960_720

Hoje o sol espreitou por entre nuvens, e mesmo com tons carregados de escuro já consegui pressentir a liberdade.

O mar espraiava-se na areia, ora de forma calma, ou mostrando alguma arrogância, metáfora de que ainda não o podemos desfrutar, mas apenas, tentar decifrar os mistérios que transporta.

Os pássaros pousaram perto de mim, cada um cantando uma melodia diferente, saudando a alegria que já nos permitimos sentir.

Uma criança corria alegremente e o seu riso, levado pelo vento, ecoava familiar e a sua espontaneidade contrastava com os olhares inquisitórios ou inquietos, em rostos cobertos de máscaras, que me reposicionaram na realidade deste Mundo Novo.

Vamos recuperando, em pequenos e prudentes passos, aquilo que havíamos dado como adquirido de forma vitalícia, mas a realidade mostrou-nos que nada é eterno nem programável, sendo a vida constituída por instantes em aberto.

Esta é a oportunidade de acolher um futuro que transcenda o utilitário, inspirado em modos de vida mais humanizados e olhando o que já conhecemos de forma a ver para além do óbvio.

E que o enigma da vida nunca nos faça perder a capacidade de proferir palavras que nos façam sonhar.

(Manuela Resendes)

IMG_20200506_123716

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s