Solstício de verão

pier-569314_960_720

Que deliciosos são os amanheceres de um dia de verão!

Auroras feitas de sonhos, onde ganhamos asas que nos permitem o voo certeiro e a sensação de total liberdade, à passagem da brisa suave que vai consumindo a ansiedade.

Sentimos uma serenidade, revestida de uma certa melancolia, como quem acaba a travessia de um deserto e acolhe a sombra, como a mais cintilante luz.

Piso a areia ainda morna, e deixo as ondas chegarem até mim para ganharem um novo impulso a cada passagem.

São dias em que nos entra vida por cada fresta, e em que ganhamos alma de mar.

Gostava de morar numa tarde de verão quase eterna e rodeada de música e poesia, sentindo o sol até este ficar morno e desmaiar, dando lugar a noites estreladas e a luares que brotam do mar.

São noites regadas de risadas, inebriados de uma inocente felicidade, à volta de uma mesa onde também nos alimentamos de saudade.

E nos sonhos. volto à minha infância, com a minha boneca preferida dançando com os amigos que inventei!

(Manuela Resendes)

IMG_20190809_104607

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s