Prenúncio de Primavera…

Hoje acordei ao som da melodia dos pássaros, no seu canto de alvorada. O céu ainda se mostra em tons acinzentados, mas já se sente o vibrar da natureza e o perfume de campos floridos, que nos chegam transportados em brisas suaves.

Nos meus olhos já se vê o reflexo dessa luz, que alumia os dias cansados de demoradas esperas. Avisto o mar imenso e a praia ainda deserta, mas a terra já se encontra com o céu, em dias de sol e luas claras.

E neste tempo desencontrado e sem calendário, é no passar das estações que vamos encontrando referências, que nos permitem colmatar vazios e trazer novos alentos, para aprender um novo conceito de liberdade, de socialização e inventar formas de dar utilidade ao tempo.

O futuro é incerto, mas também uma oportunidade de nos reinventarmos e criarmos memórias, de um tempo que constará nos manuais da História da Humanidade, em que fomos protagonistas.

E o futuro é já hoje…

(Manuela Resendes)

1 Comment

Deixe uma Resposta para Manuel Maia Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s