Amanhecer…

clouds-3400094_960_720.jpg

Desponta a alvorada

Tudo volta a renascer

O tempo some, a escorrer

Vida feita de quase nada

Num movimento ondulante

Dança sem melodia

Palavras sem poesia

Um rodopio constante

 

Esfumam-se assim os dias

Não há espaço a sortilégios

Importam é os privilégios

Fraca força  de Golias

 

 

Não olhamos os campos floridos

Não festejamos noites de luar

Devaneios de tempos idos

Ou de um futuro a escassear

Tudo se reveste agora, de ternura

E já tudo podemos ser

Sem deixar nada por dizer

Eternidade, que não dura!

(Manuela Resendes)

nature-3294681_960_720.jpg

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Sentir…

bench-560435_1280.jpg

SENTIR

Sou o que nunca fui

Porque me transformei

Do conhecimento que flui

De tudo o que já amei

A vida faz sentido

Ainda antes de nascer

Se o sonho for vivido

Antes da realidade acontecer

Ver o brilho de cada fase

Com inteligência e sabedoria

Que o sentimento transvase

Em noites de serena euforia

O importante é ter um rumo

Onde acomodar as expetativas

Com esperança,  luz e prumo

Fugir a entediantes rotinas

Para viver, coragem é  preciso

Atalhos, por vezes são o caminho

Fazem parte, o riso e o siso

Mas deve ser feito com carinho

koala-1259681_1280.jpg

Manuela Resendes