Quando a genialidade dos artistas nos toca…

img_2606

“Eu não evoluo, viajo”

Está patente no Centro de arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, a primeira exposição retrospetiva dedicada ao pintor  José Escada (Lisboa, 1934 – 1980). Este pintor teve uma breve carreira, interrompida por morte prematura aos 46 anos de idade.

Esta exposição dá-nos a conhecer um artista com uma obra singular, desde pintura, desenho, colagem e relevos. Para a última exposição do artista em vida (“Óleos de Escada”) datava de 1979, na galeria de São Mamede, Sofia de Mello Breyner escreveu “algo aqui me lembra a frase de Fernando Pessoa: eu não evoluo, viajo”.

E viajar é de facto o que fazemos ao visitar esta exposição…

IMG_2613.JPG

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s