Liberdade…

Eu sei o que quero

Não sei o caminho

Mas não desespero

Procuro, descobrindo

Aprendo, ensinando

Vivendo e caminhando

Mas sempre ignorando

O que vou alcançando

Pois, só depois de viver

Me é dado perceber

O alcance do saber

Ver a luz, do escuro

Olhar além do horizonte

De viver o futuro

Ainda antes de ser presente!

(Manuela Resendes)

img_2633

6 Comments

  1. ““Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
    Do que os homens…
    É ser mendigo e dar como quem seja
    Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!”
    Ser poeta é abrir a gaiola das palavras do nosso coração e deixá-las fluir…
    E como a Manuela o faz tão bem! Beijinhos e obrigada pela partilha.

    Gostar

  2. A vida é uma constante aprendizagem e isso nós sabemos. Agora, ver a “luz” no escuro não é fácil, embora não seja impossível. Esse dom faz parte de pessoas especiais como é a Manuela e transmiti-lo num poema bonito como este, dá-nos alento e força para “vermos” o futuro, através do presente. Obrigada, pela partilha. Beijinho.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s