Modernices…

luggage-3297015_960_720.jpg

Viajar, correr o mundo

Ter experiências radicais

O importante, lá no fundo

É postar nas redes sociais

 

A pobreza é espetáculo

Para ver e fotografar

Não pode é ser obstáculo

Ao  intocável bem estar

 

Não é tempo para preocupar

Com as alterações climáticas

A vida é para aproveitar

E esperar por soluções mágicas

 

Não conheço o meu vizinho

Nada sei do meu irmão

Talvez quando for velhinho

E souber o que é a solidão

 

O tempo, alado, vai voando

A vida é como pó ao vento

Enquanto vamos sonhando

O futuro surge cinzento

 

Não gastei tempo a amar

A beleza já não brilha

Só o mar consigo escutar

O mundo agora é uma ilha

 

Se eu pudesse recomeçar

Começaria por mudar!

(Manuela Resendes)

compass-2946959_960_720.jpg

 

Anúncios

1 Comment

  1. Um belo poema que nos convida a reflectir e nos fala da mudança que passa, antes de tudo, por nós próprios. Aprender a valorizar o que temos e, principalmente, não esquecer o que se passa ao nosso redor, antes que seja tarde demais! Quantas vezes estamos mais preocupados e mais focados no nosso “umbigo” e esquecemos quem está mesmo ao nosso lado e precisa de um pouco da nossa atenção?
    Não esperar que a vida nos apanhe de surpresa e aí aprender o verdadeiro valor da palavra “valorizar”! Valorize, hoje!
    Mais humildade e mais humanidade!
    Um beijinho e obrigada por continuar a partlhar os seus poemas.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s