Monotonia…

bench-1190768_960_720.jpg

O dia amanheceu chuvoso e triste…

Prometia ser um dia cinzento de Outono, monótono, sem brilho nem cor, mas eis que o virei do avesso, desordenando as emoções e olhando a vida ao espelho.

Ouvir o vento sem o sentir, ver a chuva sem me molhar, ouvir a trovoada a rasgar as nuvens fez despertar em mim novas sensações.

Senti um prazer desconhecido ao ler um “velho” poema, uma alegria pueril ao ver a planta florida, ouvi aquela música que tanto gosto e quando acabou gerou-se um silêncio que ainda era música.

Gosto destes dias sem planos nem expetativas,  sem rota nem bússola, em que olhamos a vida através da lente cristalina de uma gota de água,  alavancando uma viagem ao nosso intimo, ampliando a luz interior.

Este tempo de silêncio, atulhado de nada e cheio de tudo, encerra em si mesmo a sabedoria, semente donde irá  brotar a esperança!

(Manuela Resendes)

secret-3120483_960_720.jpg

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s