Natal…

christmas-1867048_960_720.jpg

As luzes já se acenderam e a azáfama dos preparativos de Natal começou.

Nos espaços comerciais já se ensaiam maratonas de compra das prendas, objetos de decoração natalícia, tudo de acordo com as ultimas tendências, e pensam-se as indumentárias, apaziguados pela sensação de que estão a transcender o banal.

Embalados por músicas de Natal, pensam-se as ementas para os fartos repastos em que a abundância não pode faltar a mesa.

Tira-se o pó às porcelanas e cristais, sinal de uma aparente riqueza, que irá ser plasmada em fotos, espelhando uma felicidade plástica para logo ser publicado nas redes sociais.

Não pode haver assim lugar a tristezas ou vulnerabilidades, que possam “manchar” este quadro de família perfeita, camuflando o que incomoda até que se volte à sórdida rotina dos dias sem propósito, nem brilho.

Chega-se a abandonar os mais idosos, de olhar vazio, e com dependências que atrapalham, num qualquer hospital para não retirar fulgor a festa.

Compra-se o bom comportamento das crianças e compensa-se com prendas o tempo que lhes é roubado, mantendo assim uma ordem desconcertante.

As lareiras substituem o calor humano e as luzes dão o brilho que os olhares não possuem.

Não se fala de Amor nem de Solidariedade, apenas se mantém a tradição ostentando e tentando soluções “mágicas” que devolvam o espírito natalício onde ele já não mora.

Gosto do Natal… não gosto é deste Natal!

(Manuela Resendes)

lights-1088141_960_720.jpg

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s