Sol…

O dia amanheceu radioso, transportando nos raios de sol ondas de alegria e fragrâncias da alvorada.

Gosto da transmutação serena da natureza, mas este azul intenso do céu e do mar levam-me a viver outras vidas.

O êxtase desse brilho que incandeia, varrendo medos e enganos, resgatam a esperança perdida em dias sombrios, em estações que se sucedem alheias aos problemas do mundo.

E o meu olhar, por vezes debruçado sobre neblinas e incertezas, contempla agora os jardins floridos e vê com clareza o sabor da eternidade.

A brisa que passa, deixa as folhas paralisadas no chão, mas aquece a minha pele salgada, refletindo o colorido do verão e a vastidão desse mar de novidade.

Embalo-me na rede, protegida pela sombra que me abraça, e no prazer da leitura liberto os sonhos, que voam nas asas de uma gaivota. Entre o céu e o mar vão-se soltando fragmentos de risos e instantes de felicidade, até se perderem na linha do horizonte.

E quando a noite surge de mansinho, nessa imensidão de vida que é um céu estrelado, de onde espreita a lua, sinto-me imersa nessa magia e só quero parar o ponteiro do relógio, de um tempo que se solta e corre veloz.

(Manuela Resendes)

sdr

2 Comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s